Prevenção de acidentes com os nossos amigos cães

Acidentes na estrada: 

  • Quando circular numa zona de muito tráfego, traga sempre o seu cão pela trela.
  • Nunca o deixe correr livremente quando estiver fora de casa. Certifique-se que as vedações, portas e área do canil estão seguras.
  • Permita-lhe que corra livremente apenas em espaços abertos, onde não exista o perigo de tráfego e se estiver sob o seu controlo.
  • Quando conduzir, esteja preparado para situações inesperadas se vir um cão na berma.

Viajar de automóvel:

  • Se o seu cão for bem comportado, deixe-o sentar no banco de trás. Se for nervoso, utilize um cinto de segurança especialmente concebido para cães, uma trela curta ou um cesto. Não conduza com o seu cão no banco da frente. Por qualquer razão imprevista, pode saltar repentinamente para o seu colo ou bater-lhe no braço e provocar um acidente.
  • Se for viajar, pare periodicamente para que o seu amigo possa fazer as necessidades e também um pouco de exercício. Nunca se esqueça de lhe levar água.
  • Nunca o deixe no carro num dia quente de Verão. Se o tiver que fazer, estacione num local fresco e deixe as janelas ligeiramente abertas para que o ar circule.

Aparelhos eléctricos:

  • Os cachorros e cães jovens gostam de brincar com objectos que se movem. Por exemplo, o cabo eléctrico de um ferro de engomar ou cortador de relva, pendente ou em movimento, é suficientemente atraente para o cão o morder na brincadeira. Se os seus dentes romperem a cobertura plástica, sofrerá choques eléctricos que poderão ser mortais.
  • Se pensar em utilizar um secador para enxugar o seu cão após o banho, tenha cuidado de não deixar cair o secador para dentro de água, nem o apoie na beira da banheira.

Portas e janelas de vidro:

  • Um cão dentro de casa pode excitar-se com um animal ou pessoa no exterior e, inconscientemente, atirar-se a uma porta ou janela de vidro. Certifique-se que tal não acontece, dando-lhe um treino de obediência dentro de casa, fazendo-o familiarizar-se com as janelas ou portas de vidro, as quais, se possível, deverão ser convenientemente assinaladas com fita adesiva.

Venenos:

  • Os cães são bisbilhoteiros por natureza. Não deixe comida contaminada, comprimidos, pesticidas ou herbicidas expostos e acessíveis a um cão com fome ou sede, quer seja seu ou do vizinho.

Correr livremente e vaguear:

  • Os cães adoram correr e brincar livremente em espaços abertos. Dê-lhe a oportunidade de o fazer, mas apenas sob a sua vigilância e controlo. Se o seu cão não teve um treino completo de obediência e não estiver sob o seu controlo absoluto, deixe-o correr livremente apenas numa área vedada e legal.
  • Não o deixe vaguear. O cão que vagueia livremente está sujeito a acidentes de estrada, envenenamentos, ferimentos de lutas e doenças graves.
  • Há países em que é contra a lei passear um cão sem ter pelo menos uma trela.

Segurança na estrada:

  • Passeie-o sempre pela trela. Um cão treinado será mais obediente e estará mais sob o seu controlo do que um que não use trela ou não obedeça ao seu comando. Este facilmente pode excitar-se ao ver um outro animal ou farejar algum odor, atravessando a estrada e podendo ser atropelado.

Piscinas:

  • Os cães, regra geral, gostam de água. Se possuir piscina evite-lhe o acesso, ou se tal for impossível, certifique-se que este sabe sair dela, se não houver ninguém perto para o ajudar.

Um Edifício com História

Um Edifício com História

A construção do edifício hoje ocupado pela CVL remonta ao início do século passado, quando uma jovem recém-casada sentia saudades dos pais e do seu quintalinho, embora tivesse ido viver para cerca de 7 km apenas. Contudo, nessa época, era bem mais complicado vencer...

DIROFILARIOSE

DIROFILARIOSE

O que é a Dirofilariose? A Dirofilariose é uma doença parasitária causada por um verme redondo, semelhante às lombrigas do intestino, mas que se aloja no coração. Este verme cardíaco é conhecido por Dirofilaria immitis e transmite-se por meio da picada de um mosquito,...

Leishmaniose canina

Leishmaniose canina

O que é a Leishmaniose? A Leishmaniose é uma doença provocada por um protozoário (parasita microscópico) do género Leishmania, que infecta canídeos e ocasionalmente o gato e roedores. Além disso, a Leishmaniose é uma zoonose, ou seja, pode infectar o Homem,...

Ansiedade por Separação

Ansiedade por Separação

Caracteriza-se por sinais clínicos e comportamento de stress que resultam da angústia causada pela ausência, ou falta de atenção, por parte do dono. Os sinais clínicos mais frequentemente observados são: Vocalização (ganir, ladrar ou uivar), Eliminação (micção...

Close Bitnami banner
Bitnami